quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Gouaches!!


Olá, queridos leitores!
Espero que todos estejam aproveitando este mês de janeiro.
De minha parte, estou treinando o uso de guaches, que são primos das aquarelas. Para tanto, estou usando um velho livro que está sendo reproposto para ser um caderno de esboços. 
Hello dear readers!
I hope all of you were making very good use of this January.
Well, now I am training painting using gouaches, that are a kind of cousins of watercolors, only more opaque. For this venture I am using and old book that is being repurposed as a sketchbook of sorts.




Além do livro reproposto, comecei um sketchbook da Canson e estou treinando lettering e citações bíblicas.
Um grande mês de janeiro!!

Besides the repurposed book, I started a sketchbook from Canson and I am training lettering and Biblical quotations. 
A very happy January!!

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Minha primeira aquarela de 2018 / My first watercolor painting of 2018


Olá, queridos leitores!
Fiz esta pintura em 1o. de Janeiro, como uma forma de começar bem o ano de 2018. Reconheço que tenho que melhorar muito, o que só acontecerá se eu praticar, praticar e praticar.
Feliz Ano Novo!

Hello dear readers!
I made this painting in January 1rst, as a way to start 2018 well.
I am the 1rst to acknowledge that I need to improve a lot, what only happens when I practice, practice, practice.
Happy New Year!!



segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

Mamãe e os preparativos para o Ano Novo / Mother and the preparations to the New Year


Olá, queridos leitores!
Feliz Ano Novo!
Quero documentar aqui alguns preparativos da mamãe tocante ao almoço de Ano Novo.
Atualmente ela tem 76 anos e ainda faz questão de manter algumas tradições do Ano Novo japonês conforme ela aprendeu na infância: ela faz o mochi (bolinhos de arroz) e o manju assado (doces tradicionais). Eu sou uma privilegiada!

Hello, dear readers!
Happy New Year!
I want to share with you some pictures of the efforts my mother made concerning the New Year lunch. Nowadays she is 76 years old and she wants to keep some traditions of Japanese New Year as she learnt in her childhood: she made the moch (rice balls) and the manju (traditional sweet). I am so privileged because she is auto sufficient and wanted to do these kind of foodstuff that is so hard and take soo much time to make.






sábado, 30 de dezembro de 2017

Meu poema para o fim do ano de 2017 / My chosen poem for the end of the year

Olá, queridos leitores!
Eis o meu poema de final de ano, como uma mensagem para 2018, mais uma vez tirada da minha tarefa de montar um calendário de 52 segundas-feiras de poemas no blog da Rede de Bibliotecas Públicas de Guarulhos. É incrível como os livros de poemas certos caem na minha mão quando eu preciso deles!!
Feliz Ano Novo!!

Hello dear readers!
You have now my chosen poem of the end of 2017 as a message for 2018, one more time took from my annual task of selection and setting of a 52 Mondays poems to the blog of System Public Library of Guarulhos. For me is incredible how the right books of poetry is laid to me when I need them.
Happy New Year!


SILVA, Abel. Se queres vida. IN: Só uma palavra me devora: poesia completa e inéditos. 3a.ed. Rio de Janeiro, Record, 2001. p.152

Se queres vida tira do caminho
o que não vive, não voa, o que apodrece,
apaga este fogo que te queima
e te devora a carne e não te aquece.
Também esquece qualquer ressentimento
que te amargue a boca e te emudeça,
retira as pedras de teu peito,
as pedras rolam e impedem que
adormeças.
E ouve bem o ritmo secreto do silêncio
e tudo que ensinam as linhas de tua mão
bebe deste rio que em segrego
brota da nascente do teu coração.

If you want life (translation of Lucia Sasaki)


If you want life take of your way

what doesn't lives, doesn't flies, what spoils
Put out this fire that burns you
and that devour your flesh and doesn't warms you.
Also, forget any hurt
that embitter your mouth and make you mute,
withdraw the stones in your breast
the stones roll and prevent
that you slumber.
And hear well the secret rhytm of silence
and all that is taught by the lines of your hand
drink from this river that in secret
springs from the well of your heart.

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Roda de Leitura 2018: Ciclo Arte e artistas na Literatura

Ciclo 2018: Artes e artistas na Literatura

Fevereiro
Arquivo Histórico: 17 (sábado)
Espaço Novo Mundo: 21 (4a.feira)


SANTOS, João Felício dos. Cristo de lama: romance do Aleijadinho de Vila-Rica.
Rio de Janeiro, José Olympio, 2014. 192p.

Cristo de lama é a biografia romanceada do mestre escultor de Minas Gerais. Antonio Francisco Lisboa. o Aleijadinho. Em linguagem marcadamente colonial. João Felício dos Santos nos presenteia com a longa jornada de um clássico herói das camadas populares: pobre. doente e mulato.


Março
Arquivo Histórico: 10(Sábado)

Espaço Novo Mundo: 13 (3a.feira)





VAN GOGH, Vincent; RUPRECHT, Pierre (trad.) Cartas a Theo. 
Porto Alegre, L&PM, 1997. 384p.
Em Cartas a Théo está a descriçăo das obras, a formulaçăo do complexo e avançado pensamento estético de Van Gogh e a descriçăo da evoluçăo da sua própria loucura. Um material emocionante e revelador, tanto pela sua obsessiva convicçăo de que era realmente um artista, como também pela paradoxal conscięncia da própria loucura. Nas cartas, Vincent fala abertamente da sua "doença", reflete sobre ela e dramaticamente prevę as crises que se tornaram mais freqüentes no final da vida e culminaram com sua morte trágica.

Abril
Arquivo Histórico: 14 (Sábado)

Espaço Novo Mundo: 17 (3a.feira)










Maio
Arquivo Histórico: 12 (sábado)
Espaço Novo Mundo: 15 (3a.feira)



PAMUK, Orhan. Meu nome é vermelho. 
São Paulo, Companhia de Bolso, 2013. 576p.

Narrativa policial, um amor proibido e reflexões sobre as culturas do Oriente se reúnem neste livro. Estamos em Istambul, no fim do século XVI. Para comemorar o primeiro milênio da fuga de Maomé para Meca, o sultão encomenda um livro de exaltação à riqueza do Império Otomano. 

Na tentativa de afirmar a superioridade do mundo islâmico, as imagens do livro deveriam ser feitas com técnicas de perspectiva da Itália renascentista. As intenções secretas do sultão logo dão margem a especulações, desencadeando intrigas e o assassinato de um artista que trabalhava no livro. Ao mesmo tempo, desenrola-se o caso de amor entre Negro, que volta a Istambul após doze anos de ausência, e a bela Shekure. 

Construída por dezenove narradores - entre eles um cachorro, um cadáver e o pigmento cuja cor dá nome ao livro -, a história surpreende pela exuberância estilística, que reflete o encontro de duas culturas. 


Junho
Arquivo Histórico: 9 (Sábado)
Espaço Novo Mundo: 12 (3a.feira)


PLACE, François. O velho louco por desenho.
São Paulo, Companhia das Letrinhas, 2004. 94p.

Tojiro é um menino esperto e alegre que vende bolinhos de arroz pelas ruas de Edo, a "capital do Leste" japonesa, atual Tóquio. Entre seus clientes, está um velho rabugento, visto por alguns como um louco - ele é Hokusai (1760-1849), o famoso pintor e gravurista japonês, criador dos mangás, que influenciou artistas ocidentais como Van Gogh. 
Um dia, uma confusão termina por aproximar Tojiro e Hokusai. Começa uma grande amizade, baseada em respeito, admiração e boas gargalhadas. Guiado por esse senhor excêntrico, Tojiro conhecerá o maravilhoso mundo das ilustrações, aprenderá a arte de gravar desenhos em madeira e ouvirá belas histórias sobre o "mundo das nuvens", onde vivem artistas como Hokusai. 
Julho
Arquivo Histórico: 14 (Sábado)
Espaço Novo Mundo: 17 (3a.feira)




Agosto
Arquivo Histórico: 11 (Sábado)
Espaço Novo Mundo: 14 (3a.feira)




Setembro
Arquivo Histórico: 15 (Sábado)
Espaço Novo Mundo: 18 (3a.feira)





Outubro
Arquivo Histórico: 20 (Sábado)
Espaço Novo Mundo: 23 (3a.feira)





Novembro
Arquivo Histórico: 10 (Sábado)
Espaço Novo Mundo: 13 (3a.feira)




Dezembro
Arquivo Histórico: 15(sábado)
Espaço Novo Mundo: 18 (3a.feira)






***
Endereços onde são realizadas as Rodas de leitura em 2018:

Arquivo Histórico Municipal - Subsolo do CME Adamastor
Avenida Monteiro Lobato, 734  - Macedo - Guarulhos  

Livraria Nobel no Espaço Novo Mundo
Avenida Salgado Filho, 1453 - Centro - Guarulhos

As Rodas de Leitura tem dois momentos: 
1) A leitura individual do título do mês e 

2) O encontro nos espaços e datas citados. 

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

A última aula de Sumi-e de 2017 / The last class of Sumi-e in 2017


Olá, queridos leitores!
Novembro acabou e, com ele, meu 3o. ano das aulas de Sumi-e!! 
É tradição no mês de novembro nós aprendermos a pintar o animal do ano seguinte no calendário chinês. 2018 será o ano do cachorro e qual é o melhor modelo? Pipo, é claro!

Hello, dear readers!
November ended and, with it, my 3rd year attending Sumi-e classes!
It is a tradition that we learn how to paint the animal of the next year in Chinese Calendar and 2018 will be the Year of the Dog. And what is the best model for my paintings? Pipo, the puppy, of course!


Além do cachorro, estou me esforçando para melhorar minhas pinturas de carpa.
Besides painting the dog, I am striving to improve my paintings of koi.


Esta semana fiz 16 cadernos usando a costura copta, para dá-los de presente de final de ano.
This week I made 16 blank books with coptic stitching in order to give them as a Christmas/New Year gift.


Fiquei feliz porque muitos gostaram do caderno e até fizeram uma arte na capa!
I was very happy because many liked to get my blank book and some of them ever made their paintings in the cover!!

Professora/Teacher Suely Shiba


A turma toda, todos gratos por um ano maravilhoso.
The picture of the whole group, grateful for more one marvelous year.


sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Manchester 7: Visita ao Richmond Tea, Turing Memorial e parte da Universidade de Manchester


Queridos leitores, em nossa segunda terça-feira lembrei-me de tirar fotos do meu professor do curso, Oliver. Ele é lindo, não é? Tão britânico...
Hi, dear readers, in our second Tuesday I remembered of taking pictures of my teacher Oliver. He is cute, isn't? So British...



Quadro branco altamente tecnológico...
White board so highly tecnological...



Depois da aula fomos visitar o são de chá Richmond, que tem uma decoração baseada em Alice no País das Maravilhas / After the class we visited Richmond Tea Room, whose decoration is based on Alice in Wonderland






Pedimos um chá da tarde autêntico / We asked for an authentic Afternoon tea



Depois do chá, fomos procurar pelo Turing Memorial e acabamos na Universidade de Manchester (ou parte dela)
After the tea we searched for Turing Memorial and we ended in The University of Manchester (or at least, a part of it).





Achamos o Turing Memorial!
We found the Turing Memorial!





Surpreenda!
Be amazing!


Terminamos o dia no Quarteirão Norte, onde comprei lembranças e um estojo de aquarela no Fred Aldous
We finished our day in the Northern Quartern, where I bought souvenirs and a watercolor set in Fred Aldous shop.